Pular para o conteúdo principal

ZOONIT CONSEGUE SUSPENSÃO DE TRANSFERÊNCIA DE ANIMAIS

Os dias de solidão e muita tristeza do leão Dengo, de 11 anos, podem estar contados. Depois de ganhar uma decisão judicial suspendendo o fechamento do ZooNit, a instituição já entrou com pedido de devolução dos 233 animais que foram retirados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), incluindo a leoa Elza, 10 anos, companheira de Dengo.
O advogado Rubens Mattos, que representa o ZooNit, disse que representante do Ibama deve ser ouvido, nos próximos dias, pela 3ª Vara de Justiça Federal de Niterói e poderá recorrer da decisão, mas o pedido de devolução dos animais já está sendo apreciado pelo juiz.
“Todos os animais que foram retirados deverão voltar para o zoológico. Acredito que, nos próximos dias, uma posição já tenha sido tomada”, disse o advogado.
A presidente do Zoonit, Giselda Candiotto, disse que o passo dado com a suspensão do cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) é apenas a primeira parte de um longo processo.
“Esta foi uma vitória pela metade. Ela só será completa quando todos os animais forem trazidos de volta”, disse Giselda.
Com esperança que os animais voltem logo, Giselda já encomendou a caixa que irá transportar a leoa Elza de Brasília.
“Elza e Dengo representam bem a situação que nós passamos hoje. Por isso, a união deles será o nosso maior troféu de vitória”.
Giselda afirmou, ainda, que não vai parar de lutar em favor dos animais, sejam silvestres ou domésticos. Muitos animais, principalmente gatos, são abandonados, diariamente, na porta do zoológico por pessoas que não têm mais condições de criá-los. Com isso, eles acabam se estabelecendo porque todos gostam de animais e, aqui, eles são bem tratados.
“Temos uma parceria com três criadoras de gatos que encontram pessoas que o adotem. O Ibama quer que nós deixemos eles na rua para morrerem? Isso não é papel de uma instituição que deveria cuidar deles”, afirma Giselda.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'A FAZENDA' THIAGO GAGLIASSO VOLTA A BATER NAS CABRAS - OUTRA PUNIÇÃO

Abaixo trechos onde fica explícito o desprezo, o abuso e o desrespeito pelos animais. Olha uma de suas frases:
- não posso te agredir, mas, posso te agredir verbalmente....
No final da votação, debochando, ele se dirige "aos criadores de cabra" pedindo desculpas e avisa que amanhã teria uma reunião com todas elas.
O diretor do programa disse, em entrevista, que agressão aos animais daria expulsão. O que falta além da confissão do tal participante? Será que é porque o Thiago já veio marcado para ganhar por ser cunhado do auditor do referido programa? Quem falou foi ele mesmo, gente!

Fonte: O Grito do Bicho
Voltar ao Blog do Orion de Sá

ERGONOMIA - CADEIRA DE RODAS PARA CÃES AMIGO

Nir Shalom, um designer industrial israelense, criou esse cadeira de rodas que permite que o cão tenha mais liberdade em seus movimentos, além de mais conforto. Apresentada no mês passado em Milão. A cadeira se encaixa no quadril do cão e permite que ele consiga se deitar, correr e sentar.
Voltar ao Blog do Orion de Sá

IGGY POP E KE$HA EM CAMPANHA CONTRA A CAÇA DE FILHOTES DE FOCA

Ke$ha e Iggy Pop decidiram unir forças à PETA, organização que luta pelo tratamento ético aos animais, para impedir o governo canadense de legalizar o comércio internacional de vendas de peles de filhotes de focas.“Dar pauladas (maneira utilizada para sacrificar os animais) em filhotes de focas é doentio e é uma ‘mancha negra’ no Canadá. Não deixe a ganância de alguns manchar a imagem de um país inteiro” declarou o lendário roqueiro. “A matança canadense é bárbara e arcaica” acrescentou a autora de Tik Tok. “Minha música e meus fãs são parte de um movimento entre os jovens que pretendem dominar o mundo com mudanças positivas. Sei que ele irão ajudar a mim e a PETA a banir a matança canadense de focas, para que o único lugar que você veja pele de filhotes seja no museu”. A dupla irá aparecer em cartazes ao lado de imagens dos animais com o slogan “Canada’s club scene sucks” (“O cenário de porretadas canadense não presta” em tradução livre) para promover a ação, como você pode ver nas foto…