Pular para o conteúdo principal

LADRÕES DE CÃES NO VIETNÃ

Os animais de estimação da população do Vietnã estão a ser roubados por ladrões especializados que os vendem a restaurantes para serem servidos como refeição; os residentes, revoltados, espancaram, mataram e até queimaram alguns dos raptores.
A carne de cão é considerada uma iguaria no Vietnã e está presente nos menus mais especiais, principalmente no Norte do país, e em restaurantes especializados em churrascos de cão, preparados no fim de cada fase lunar e comidos para espantar a má sorte. Mas a tradição não é bem vista por quem vê o seu animal de estimação desaparecer do quintal.A Associated Press (AP) noticia uma onda de violência que surgiu no país contra os ladrões especializados em roubar cães para vender sua carne a mercados e restaurantes.O tenente-coronel Ho Ba Vo, vice-chefe de investigação na província de Nghe An, diz ao jornal local Thanh Nien que os residentes se queixam que "a polícia multa estes criminosos e deixa-os seguir. E é verdade. Um ladrão só enfrenta acusações criminais quando a propriedade envolvida vale pelo menos dois milhões de dong (cerca de 72 euros). A maioria dos cães valem muito menos que isso, portanto, o ladrão só enfrenta a multa por tentativa de roubo."E este comércio ilegal atravessa fronteiras. A tradição de comer esta carne também é popular em partes da China, da Coréia do Sul e das Filipinas, apesar da resistência dos defensores dos animais. No mês passado, no norte da Tailândia, a polícia prendeu dois homens que tentavam contrabandear 120 cães em sacos. Em agosto, também na Tailândia, 1.800 cães foram encontrados doentes, fechados dentro de jaulas pequenas, dentro de um caminhão. Foram confiscados mas metade morreu no mesmo dia, segundo a imprensa local.Os animais são transportados de moto, amontoados em caixas minúsculas. São deixados em jaulas sem condições para o número de animais que suportam. São espancados, alimentados à força, mortos, esfolados e fritos. Podem ser vistos pendurados por fios em mercados com a cauda esticada e os dentes à mostra.
















Fonte: RTP Notícias

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

'A FAZENDA' THIAGO GAGLIASSO VOLTA A BATER NAS CABRAS - OUTRA PUNIÇÃO

Abaixo trechos onde fica explícito o desprezo, o abuso e o desrespeito pelos animais. Olha uma de suas frases:
- não posso te agredir, mas, posso te agredir verbalmente....
No final da votação, debochando, ele se dirige "aos criadores de cabra" pedindo desculpas e avisa que amanhã teria uma reunião com todas elas.
O diretor do programa disse, em entrevista, que agressão aos animais daria expulsão. O que falta além da confissão do tal participante? Será que é porque o Thiago já veio marcado para ganhar por ser cunhado do auditor do referido programa? Quem falou foi ele mesmo, gente!

Fonte: O Grito do Bicho
Voltar ao Blog do Orion de Sá

IGGY POP E KE$HA EM CAMPANHA CONTRA A CAÇA DE FILHOTES DE FOCA

Ke$ha e Iggy Pop decidiram unir forças à PETA, organização que luta pelo tratamento ético aos animais, para impedir o governo canadense de legalizar o comércio internacional de vendas de peles de filhotes de focas.“Dar pauladas (maneira utilizada para sacrificar os animais) em filhotes de focas é doentio e é uma ‘mancha negra’ no Canadá. Não deixe a ganância de alguns manchar a imagem de um país inteiro” declarou o lendário roqueiro. “A matança canadense é bárbara e arcaica” acrescentou a autora de Tik Tok. “Minha música e meus fãs são parte de um movimento entre os jovens que pretendem dominar o mundo com mudanças positivas. Sei que ele irão ajudar a mim e a PETA a banir a matança canadense de focas, para que o único lugar que você veja pele de filhotes seja no museu”. A dupla irá aparecer em cartazes ao lado de imagens dos animais com o slogan “Canada’s club scene sucks” (“O cenário de porretadas canadense não presta” em tradução livre) para promover a ação, como você pode ver nas foto…

ERGONOMIA - CADEIRA DE RODAS PARA CÃES AMIGO

Nir Shalom, um designer industrial israelense, criou esse cadeira de rodas que permite que o cão tenha mais liberdade em seus movimentos, além de mais conforto. Apresentada no mês passado em Milão. A cadeira se encaixa no quadril do cão e permite que ele consiga se deitar, correr e sentar.
Voltar ao Blog do Orion de Sá