Pular para o conteúdo principal

GRUPO VIRA-LATA DENUNCIA SITUAÇÃO DO CANIL MUNICIPAL DE QUATIS - RJ


Volta Redonda/RJ – 07 de fevereiro de 2012

Muitos já devem ter ouvido falar no canil municipal de Quatis, cidade localizada no Vale do Paraíba, interior do Estado do Rio de Janeiro.
Após inúmeras denuncias por maus tratos junto ao Ministério Público, o canil foi interditado em meados de 2011.
Naquele município o trabalho desenvolvido pela prefeitura municipal em relação aos animais de rua sempre foi conhecido pela falta de ética e crueldade com que são tratados. A “carrocinha”, segundo relatos, passava todo final de tarde nas ruas da cidade, recolhendo todos os animais. Muitas vezes cadelas no cio eram usadas como isca para atrair um grande número de animais para o cadafalso.Há também notícias de que alguns responsáveis por animais foram até impedidos de resgatá-los após apreensão.
A sequência de maus tratos começava desde o recolhimento dos animais, feita de forma brutal e abusiva, até o momento em que eram jogados num canil comunitário, onde precariamente conviviam fêmeas, machos, animais pequenos, grandes, dóceis e bravos. Não é difícil ao leitor imaginar o que acontecia no momento em que era disponibilizada uma escassa alimentação ou quando, por exemplo, uma cadela entrava no cio.
O filme deste antigo canil está disponibilizado para verificação. As cenas são fortes e aconselhamos que pessoas mais sensíveis não assistam.


No dia 25/01, após um período de interrupção nos “trabalhos”, a carrocinha de Quatis voltou a capturar animais de rua. Até semana passada, o canil, agora pintado e “maquiado”, mantinha cerca de 100 animais, machos e fêmeas, separados por uma frágil cerca e com pouca sombra para o abrigo de um sol escaldante.
Os animais errantes de Quatis estão mais uma vez expostos à crueldade daquela Prefeitura.
Contrariando nossa constituição, a Lei Federal 9.605, a Lei Estadual 4.808, estes animais estão confinados de forma totalmente inadequada. Esquecidos em local distante onde não possuem qualquer chance de serem procurados para adoção.
A Prefeitura, por sua vez, sequer, tem uma política pública de controle populacional para os animais errantes. Vale-se da mediocridade ao agressivamente atacar o problema, dando às costas para suas causas e sem concluir, portanto, que dentro dessa perspectiva, tal trabalho jamais chegará a um termo.
No dia 30/01/2012, Inserimos novas denuncias ao Inquérito 83/10, que tramita na Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Resende, que é responsável também pelo município de Quatis, e permanecemos aguardando notícias.
Caso tenha informações, fotos e filmes sobre o canil e o recolhimento de animais em Quatis, pedimos que nos envie.
Caso presencie a atuação da carrocinha e o recolhimento de animais, pedimos, se possível, que fotografe, filme, anote o nome e dados de testemunhas que também presenciarem o fato.
Se você, assim como nós, está indignado com o abuso e a repetição sistemática da crueldade que os animais de Quatis sofrem todos os dias, escreva para o prefeito Sr José Laerte d’Elias com cópia para o Vira-Lata e se manifeste!

E-mails:secretaria.gabinete@quatis.rj.gov.br
contato@vira-lata.net


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'A FAZENDA' THIAGO GAGLIASSO VOLTA A BATER NAS CABRAS - OUTRA PUNIÇÃO

Abaixo trechos onde fica explícito o desprezo, o abuso e o desrespeito pelos animais. Olha uma de suas frases:
- não posso te agredir, mas, posso te agredir verbalmente....
No final da votação, debochando, ele se dirige "aos criadores de cabra" pedindo desculpas e avisa que amanhã teria uma reunião com todas elas.
O diretor do programa disse, em entrevista, que agressão aos animais daria expulsão. O que falta além da confissão do tal participante? Será que é porque o Thiago já veio marcado para ganhar por ser cunhado do auditor do referido programa? Quem falou foi ele mesmo, gente!

Fonte: O Grito do Bicho
Voltar ao Blog do Orion de Sá

ERGONOMIA - CADEIRA DE RODAS PARA CÃES AMIGO

Nir Shalom, um designer industrial israelense, criou esse cadeira de rodas que permite que o cão tenha mais liberdade em seus movimentos, além de mais conforto. Apresentada no mês passado em Milão. A cadeira se encaixa no quadril do cão e permite que ele consiga se deitar, correr e sentar.
Voltar ao Blog do Orion de Sá

DIGA NÃO A LEGALIZAÇÃO DA CAÇA! DIGA NÃO AO RETROCESSO!

Recentemente estamos vivendo no nosso país uma série de retrocessos, que vão contra toda a luta pelos direitos dos animais até hoje. Proibida desde 1967, a caça de animais silvestres na verdade, nunca deixou de existir no Brasil e esse é um dos principais fatores que levam à extinção de várias espécies ameaçadas. Mas um projeto tramita na Câmara dos Deputados prevê a regulamentação do exercício de caça no país. Trata-se do Projeto de Lei 6268/16 de autoria do deputado Valdir Colatto (PMDB-SC), membro da bancada ruralista. O projeto anula a Lei de Proteção à Fauna (Lei 5.197/67), que proíbe o exercício da caça profissional. Defensores do projeto de lei justificam que é preciso conter algumas espécies, pois são consideradas invasoras e oferecem perigos ao ecossistema. O projeto de lei também retira da Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98) o agravamento até o triplo da pena de detenção de seis meses a um ano, e multa, por matar, perseguir, caçar, apanhar ou utilizar animais sem licenç…