Pular para o conteúdo principal

Carta aos Protetores dos Animais

Olá queridos amigos, admiradores do nosso trabalho, seguidores, ativistas e protetores dos animais!!!
Nossa luta é árdua, incompreendida por muitos e banalizada por interessados em continuar esse degradante descaso e maus-tratos aos animais. Minha mensagem hoje é de solidariedade.  Força, fé no trabalho, porque Deus é pai e não é padrasto. Neste último mês, nos massacraram de todas as formas possíveis por causa da invasão ao Instituto Royal. Eu particularmente vou fazer de tudo, para que cessem os testes em animais no Brasil. Divulgando, indagando autoridades e cobrando mudanças nas leis atuais. É inadmissível convivermos com essa crueldade desacerbada contra os animais.  Estou preparando um pedido, onde irei pessoalmente ao Congresso Nacional entregar à Mesa Diretora; na esperança da proximidade das Eleições, sejamos atendidos em nossas súplicas. (Oremos)  Muito obrigado por você existir "Protetor", você que abraça a causa e não deixa a peteca cair. Você que recolhe os animais desamparados e com verba escassa faz mais que nossas autoridades. Você que beija seu animal com tanto amor todas as manhãs antes da labuta. Você que deixa de comprar supérfluos ou até algo importante, para comprar medicamento e ração para os animais recolhidos.  Você que limpa as necessidades dos seus animais sem reclamar todos os dias. Você que é julgado pelos "cruéis", que não sentem o mesmo amor pelo próximo e por tudo que Deus criou. Você que luta, você que insiste, persiste nesse ideal. Você que como EU, ama os Animais!!!
É para você que dedico este post, meu trabalho e meu tempo disponível. Que Deus ilumine sempre a sua jornada!!! Que nunca falte nada em sua casa e sua vida.  E se houver momentos de tristeza, que Deus enxugue suas lágrimas e te encha de força vital!!! Porque o nosso trabalho, esse sim é feito pelos escolhidos de Deus. E isso, não tem nada a ver com religião e sim com o CRIADOR.

Obrigado por tudo e um beijo nos seus corações.
Humildemente,

                                         Orion De Sá.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'A FAZENDA' THIAGO GAGLIASSO VOLTA A BATER NAS CABRAS - OUTRA PUNIÇÃO

Abaixo trechos onde fica explícito o desprezo, o abuso e o desrespeito pelos animais. Olha uma de suas frases:
- não posso te agredir, mas, posso te agredir verbalmente....
No final da votação, debochando, ele se dirige "aos criadores de cabra" pedindo desculpas e avisa que amanhã teria uma reunião com todas elas.
O diretor do programa disse, em entrevista, que agressão aos animais daria expulsão. O que falta além da confissão do tal participante? Será que é porque o Thiago já veio marcado para ganhar por ser cunhado do auditor do referido programa? Quem falou foi ele mesmo, gente!

Fonte: O Grito do Bicho
Voltar ao Blog do Orion de Sá

ERGONOMIA - CADEIRA DE RODAS PARA CÃES AMIGO

Nir Shalom, um designer industrial israelense, criou esse cadeira de rodas que permite que o cão tenha mais liberdade em seus movimentos, além de mais conforto. Apresentada no mês passado em Milão. A cadeira se encaixa no quadril do cão e permite que ele consiga se deitar, correr e sentar.
Voltar ao Blog do Orion de Sá

DIGA NÃO A LEGALIZAÇÃO DA CAÇA! DIGA NÃO AO RETROCESSO!

Recentemente estamos vivendo no nosso país uma série de retrocessos, que vão contra toda a luta pelos direitos dos animais até hoje. Proibida desde 1967, a caça de animais silvestres na verdade, nunca deixou de existir no Brasil e esse é um dos principais fatores que levam à extinção de várias espécies ameaçadas. Mas um projeto tramita na Câmara dos Deputados prevê a regulamentação do exercício de caça no país. Trata-se do Projeto de Lei 6268/16 de autoria do deputado Valdir Colatto (PMDB-SC), membro da bancada ruralista. O projeto anula a Lei de Proteção à Fauna (Lei 5.197/67), que proíbe o exercício da caça profissional. Defensores do projeto de lei justificam que é preciso conter algumas espécies, pois são consideradas invasoras e oferecem perigos ao ecossistema. O projeto de lei também retira da Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98) o agravamento até o triplo da pena de detenção de seis meses a um ano, e multa, por matar, perseguir, caçar, apanhar ou utilizar animais sem licenç…