Pular para o conteúdo principal

Ibama flagra passageira com aves exóticas em Guarulhos

Animais jovens da espécie Cacatua Alba foram transportados de Portugal para o Brasil irregularmente. Multas somam R$ 10 mil

As duas aves estavam acondicionadas em um recipiente de plástico
de dimensões reduzidas (Divulgação Ibama)
Uma fiscalização conjunta entre Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Receita Federal e Ministério da Agricultura realizada no Terminal de Passageiros do Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP), resultou na constatação de irregularidades ambientais referentes à introdução de animais silvestres exóticos no País sem licença do órgão ambiental competente e maus-tratos a dois espécimes de ave exótica.

Em inspeção de bagagens de um voo vindo de Lisboa, Portugal, fiscais da Receita Federal e do Serviço de Vigilância Agropecuária Internacional identificaram, por imagens de raio-X, o transporte de dois espécimes de ave exótica. A ação aconteceu no dia 13, e os animais foram identificados por fiscais do Ibama como indivíduos jovens de cacatua alba. A espécie está listada no Apêndice II da Convenção de Comércio Internacional das Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção (Cites).

As duas aves estavam acondicionadas em um recipiente de plástico de dimensões reduzidas, dentro da bolsa de uma passageira brasileira. Elas ficaram por cerca de doze horas, duração do voo Lisboa–São Paulo, submetidas a essas condições.

Além das condições inadequadas de transporte das aves, outro ilícito ambiental cometido refere-se à introdução de espécime animal silvestre exótico no país sem parecer técnico oficial favorável e licença expedida pela autoridade ambiental competente.

Como a passageira responsável pelo transporte das aves não apresentou qualquer documentação que autorizasse a entrada das aves exóticas no país, ela foi autuada pelas infrações ambientais. As multas somam R$ 10 mil.

Fonte: Ibama

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'A FAZENDA' THIAGO GAGLIASSO VOLTA A BATER NAS CABRAS - OUTRA PUNIÇÃO

Abaixo trechos onde fica explícito o desprezo, o abuso e o desrespeito pelos animais. Olha uma de suas frases:
- não posso te agredir, mas, posso te agredir verbalmente....
No final da votação, debochando, ele se dirige "aos criadores de cabra" pedindo desculpas e avisa que amanhã teria uma reunião com todas elas.
O diretor do programa disse, em entrevista, que agressão aos animais daria expulsão. O que falta além da confissão do tal participante? Será que é porque o Thiago já veio marcado para ganhar por ser cunhado do auditor do referido programa? Quem falou foi ele mesmo, gente!

Fonte: O Grito do Bicho
Voltar ao Blog do Orion de Sá

IGGY POP E KE$HA EM CAMPANHA CONTRA A CAÇA DE FILHOTES DE FOCA

Ke$ha e Iggy Pop decidiram unir forças à PETA, organização que luta pelo tratamento ético aos animais, para impedir o governo canadense de legalizar o comércio internacional de vendas de peles de filhotes de focas.“Dar pauladas (maneira utilizada para sacrificar os animais) em filhotes de focas é doentio e é uma ‘mancha negra’ no Canadá. Não deixe a ganância de alguns manchar a imagem de um país inteiro” declarou o lendário roqueiro. “A matança canadense é bárbara e arcaica” acrescentou a autora de Tik Tok. “Minha música e meus fãs são parte de um movimento entre os jovens que pretendem dominar o mundo com mudanças positivas. Sei que ele irão ajudar a mim e a PETA a banir a matança canadense de focas, para que o único lugar que você veja pele de filhotes seja no museu”. A dupla irá aparecer em cartazes ao lado de imagens dos animais com o slogan “Canada’s club scene sucks” (“O cenário de porretadas canadense não presta” em tradução livre) para promover a ação, como você pode ver nas foto…

ERGONOMIA - CADEIRA DE RODAS PARA CÃES AMIGO

Nir Shalom, um designer industrial israelense, criou esse cadeira de rodas que permite que o cão tenha mais liberdade em seus movimentos, além de mais conforto. Apresentada no mês passado em Milão. A cadeira se encaixa no quadril do cão e permite que ele consiga se deitar, correr e sentar.
Voltar ao Blog do Orion de Sá