Pular para o conteúdo principal

Cadela agredida no Núcleo Bandeirante é resgatada por protetoras independentes, DF

Cadelinhas aguardam por um lar (Arquivo Pessoal)
A cadela agredida pelo funcionário de um depósito de materiais de construção foi resgatada neste final de semana por protetoras independentes de animais. Carolina Mourão e Roberta Vasconcellos se dividiram para ajudar a filhote e outros dois cães que estavam abandonados no local com sinal de maus tratos.

Segundo relatos de Carolina Mourão, o dono do depósito, que prefere não ser identificado, entregou a cachorrinha para uma desconhecida assim que a reportagem do Balanço Geral mostrou o vídeo de maus tratos na TV.

— Lá tinha um labrador preto, que ficou com a Roberta Vasconcellos. Eu passei o dia inteiro procurando os outros dois. Quando cheguei lá [no depósito] não tinha ninguém e o dono já tinha dado [os outros dois cachorros] para alguém. Fui perguntando na rua até encontra-los lá em Águas Claras.

Agora, a filhote e sua mãe – que receberam o nome de Pérola e Docinho - estão em um lar temporário, a espera de uma família que possa receber as duas juntas, pois, segundo Carolina, elas não conseguem ficar longe uma da outra.

— A que apanhou no vídeo chora e late o tempo todo. Se tirar [a filhote] de perto da mãe um metro, ela grita. Não pode tirar. Muita gente se prontificou para ficar com elas, mas não com as duas de uma vez.

Quando foram resgatados, os três cachorros do depósito estavam repletos de pulga e carrapato. Além disso, os animais apresentavam anemia profunda. Contudo, eles já foram ao veterinário, onde receberam todos os cuidados necessários.

— A mãe está com um problema no olho direito por conta das surras de mangueira que tomou. As duas têm trauma de mangueira, qualquer movimento brusco e elas se encolhem e choram.

A ONG Proanima informou ao R7 que formalizou a denúncia contra o agressor junto à delegacia e que ele será processado. Caso alguém tenha interesse em adotar os animais, basta entrar em contato por meio do e-mail proanima@proanima.org.br

Fonte: R7

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'A FAZENDA' THIAGO GAGLIASSO VOLTA A BATER NAS CABRAS - OUTRA PUNIÇÃO

Abaixo trechos onde fica explícito o desprezo, o abuso e o desrespeito pelos animais. Olha uma de suas frases:
- não posso te agredir, mas, posso te agredir verbalmente....
No final da votação, debochando, ele se dirige "aos criadores de cabra" pedindo desculpas e avisa que amanhã teria uma reunião com todas elas.
O diretor do programa disse, em entrevista, que agressão aos animais daria expulsão. O que falta além da confissão do tal participante? Será que é porque o Thiago já veio marcado para ganhar por ser cunhado do auditor do referido programa? Quem falou foi ele mesmo, gente!

Fonte: O Grito do Bicho
Voltar ao Blog do Orion de Sá

IGGY POP E KE$HA EM CAMPANHA CONTRA A CAÇA DE FILHOTES DE FOCA

Ke$ha e Iggy Pop decidiram unir forças à PETA, organização que luta pelo tratamento ético aos animais, para impedir o governo canadense de legalizar o comércio internacional de vendas de peles de filhotes de focas.“Dar pauladas (maneira utilizada para sacrificar os animais) em filhotes de focas é doentio e é uma ‘mancha negra’ no Canadá. Não deixe a ganância de alguns manchar a imagem de um país inteiro” declarou o lendário roqueiro. “A matança canadense é bárbara e arcaica” acrescentou a autora de Tik Tok. “Minha música e meus fãs são parte de um movimento entre os jovens que pretendem dominar o mundo com mudanças positivas. Sei que ele irão ajudar a mim e a PETA a banir a matança canadense de focas, para que o único lugar que você veja pele de filhotes seja no museu”. A dupla irá aparecer em cartazes ao lado de imagens dos animais com o slogan “Canada’s club scene sucks” (“O cenário de porretadas canadense não presta” em tradução livre) para promover a ação, como você pode ver nas foto…

ERGONOMIA - CADEIRA DE RODAS PARA CÃES AMIGO

Nir Shalom, um designer industrial israelense, criou esse cadeira de rodas que permite que o cão tenha mais liberdade em seus movimentos, além de mais conforto. Apresentada no mês passado em Milão. A cadeira se encaixa no quadril do cão e permite que ele consiga se deitar, correr e sentar.
Voltar ao Blog do Orion de Sá