Pular para o conteúdo principal

Prefeitura de Salvador lança projeto Kombicho em prol da causa animal, BA

O projeto Kombicho (Foto: Divulgação/ Max Haack Agecom)
Foram entregues nessa sexta-feira (12.09), pelo prefeito ACM Neto, quatro kombis para ONGs de apoio e cuidados a animais.

O projeto, realizado pela Prefeitura através da Secretária Municipal de Saúde (SMS) e chamado Kombicho, foi idealizado para auxiliar as organizações, devidamente formalizadas, no transporte dos animais, consultas veterinárias, cirurgia de castração, feira de adoções e remoção de animais de vias públicas.

A presidente da Associação Brasileira Protetora dos Animais (ABPA), Urânia Almeida, comemorou a iniciativa. “A nossa necessidade já era conhecida. Fizemos a solicitação, e como a ONG é devidamente formalizada, fomos contemplados”. A ABPA, localizada no bairro de Paripe, atende cerca de 500 animais e é a mais antiga organização do segmento na Bahia.

Alexandra Deering, da Terra Verde Viva, também elogiou o projeto e avaliou que o veículo chega em boa hora. “A ONG tem cerca de dez anos e a kombi será muito importante, uma vez que recebemos muitas denúncias de animais abandonados ou maltratados e o veículo permitirá o transporte de mais animais”. A Terra Verde Viva atende a cerca de 400 animais e fica localizada no Porto Seco Pirajá.

Também foram beneficiadas as ONGs Célula Mãe e Cuidar é o Bicho. No processo de escolha das organizações foram avaliados quesitos como o volume de atendimento realizado e formalização da instituição. Para garantir o uso dos equipamentos, as ONGs apresentarão relatórios periódicos à Secretaria de Saúde informando os resultados obtidos com o uso do automóvel.

Castramóvel - Em março deste ano, Salvador deu mais um importante passo para ampliar o acesso ao serviço de castração de cães e gatos no município através do Castramóvel, ônibus adaptado que realiza ações itinerantes em diversos bairros da cidade, prioritariamente naqueles onde há elevado número de animais errantes ou notificação de casos de raiva.

Em pouco mais de cinco meses de implantação, o serviço já visitou as localidades do Nordeste de Amaralina, Valéria, Fazenda Coutos III e Ilha Amarela, realizando aproximadamente 1.500 procedimentos. Desde o início de setembro o Castramóvel desembarcou no bairro de Cajazeiras X, onde ficará até 1º de outubro.

Para que os animais passem pelos procedimentos, é realizada uma triagem no local sempre as segunda e terça-feira, das 8h às 12h, onde os proprietários devem apresentar originais e cópia da RG, CPF, cartão de vacinação do animal e comprovante de residência. Após a triagem, é marcado o dia da cirurgia de castração, que é realizada as quartas e às quintas-feiras.

Para fazer a cirurgia de castração, os animais devem ter entre oito meses e cinco anos de idade, peso acima de 1kg e apresentar boa condição de saúde. As fêmeas que serão submetidas à esterilização não podem estar em período gestacional.

            R7

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'A FAZENDA' THIAGO GAGLIASSO VOLTA A BATER NAS CABRAS - OUTRA PUNIÇÃO

Abaixo trechos onde fica explícito o desprezo, o abuso e o desrespeito pelos animais. Olha uma de suas frases:
- não posso te agredir, mas, posso te agredir verbalmente....
No final da votação, debochando, ele se dirige "aos criadores de cabra" pedindo desculpas e avisa que amanhã teria uma reunião com todas elas.
O diretor do programa disse, em entrevista, que agressão aos animais daria expulsão. O que falta além da confissão do tal participante? Será que é porque o Thiago já veio marcado para ganhar por ser cunhado do auditor do referido programa? Quem falou foi ele mesmo, gente!

Fonte: O Grito do Bicho
Voltar ao Blog do Orion de Sá

ERGONOMIA - CADEIRA DE RODAS PARA CÃES AMIGO

Nir Shalom, um designer industrial israelense, criou esse cadeira de rodas que permite que o cão tenha mais liberdade em seus movimentos, além de mais conforto. Apresentada no mês passado em Milão. A cadeira se encaixa no quadril do cão e permite que ele consiga se deitar, correr e sentar.
Voltar ao Blog do Orion de Sá

DIGA NÃO A LEGALIZAÇÃO DA CAÇA! DIGA NÃO AO RETROCESSO!

Recentemente estamos vivendo no nosso país uma série de retrocessos, que vão contra toda a luta pelos direitos dos animais até hoje. Proibida desde 1967, a caça de animais silvestres na verdade, nunca deixou de existir no Brasil e esse é um dos principais fatores que levam à extinção de várias espécies ameaçadas. Mas um projeto tramita na Câmara dos Deputados prevê a regulamentação do exercício de caça no país. Trata-se do Projeto de Lei 6268/16 de autoria do deputado Valdir Colatto (PMDB-SC), membro da bancada ruralista. O projeto anula a Lei de Proteção à Fauna (Lei 5.197/67), que proíbe o exercício da caça profissional. Defensores do projeto de lei justificam que é preciso conter algumas espécies, pois são consideradas invasoras e oferecem perigos ao ecossistema. O projeto de lei também retira da Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98) o agravamento até o triplo da pena de detenção de seis meses a um ano, e multa, por matar, perseguir, caçar, apanhar ou utilizar animais sem licenç…