Pular para o conteúdo principal

Terceiro cachorro resgatado em depósito onde animal foi maltratado também está ferido

Cão da raça labrador está com o olho muito machucado

Lucky foi o terceiro cachorro a ser encontrado no galpão do Núcleo
Bandeirante (Arquivo Pessoal)
Um terceiro cachorro foi resgato no depósito de materiais de construção do Núcleo Bandeirante (DF), onde um caseiro foi flagrado torturando uma cadelinha de apenas quatro meses. Segundo a responsável pelo resgate, Roberta Vasconcellos, o cachorro também apresenta sinais de maus tratos e está com o olho muito machucado.

— Acho que ele não está enxergando direito. Ainda não pegamos os resultados dos exames, mas ele está bastante assustado.

O terceiro cachorro resgatado é um labrador preto e ganhou o nome de Lucky. Ele já recebeu todos os cuidados necessário e, agora, espera em um lar temporário para ser adotado.

— O Lucky está na casa de um amigo meu, que pretende ficar com ele. Mas, como ele está enxergando pouco, às vezes ele estranha as pessoas e, quando a mãe do meu amigo chega perto, ele rosna. Por isso, ainda estamos vendo se ele vai se adaptar.

Um homem foi flagrado dando banho no animal e, em vários momentos, a cadelinha passa a ser mal tratada com a coleira e o jato de água da mangueira. Após enforcar a cachorra e sufocá-la com a água, o homem ainda dá socos no animal para tentar fazer com que fique parada enquanto é atingida pela água. A agressão durou mais de 12 minutos.

As imagens chocaram o DF e o Entorno nos últimos dias. O caso está sendo apurado na 29ª DP (Delegacia de Polícia) do Riacho Fundo, que recebeu a investigação da 11ª DP do Núcleo Bandeirante.

Segundo a delegada Alessandra Figueiredo, responsável pelo caso, o funcionário do depósito já foi intimado e o dono dos animais também pode ser responsabilizado. A expectativa dela é que ele apareça para esclarecer o que aconteceu, porque todos na delegacia “ficaram indignados” com as agressões de Figueiredo. Para ela, o agressor pode ter fugido por medo de ser linchado pela população local.

— Falaram que se ele aparecer vai apanhar. Talvez por isso tenha fugido. Então, vamos aproveitar para dizer que ele pode aparecer na delegacia, relatar os fatos, que nós vamos dar andamento ao procedimento. Faremos um termo circunstanciado, é melhor para ele se aparecer.

O agressor se chama José Geraldo Balbino. Ele tem 58 anos, é considerado foragido e, quando for encontrado, vai responder pelo crime de maus tratos com pena de três meses a um ano de prisão.

Fonte: R7

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'A FAZENDA' THIAGO GAGLIASSO VOLTA A BATER NAS CABRAS - OUTRA PUNIÇÃO

Abaixo trechos onde fica explícito o desprezo, o abuso e o desrespeito pelos animais. Olha uma de suas frases:
- não posso te agredir, mas, posso te agredir verbalmente....
No final da votação, debochando, ele se dirige "aos criadores de cabra" pedindo desculpas e avisa que amanhã teria uma reunião com todas elas.
O diretor do programa disse, em entrevista, que agressão aos animais daria expulsão. O que falta além da confissão do tal participante? Será que é porque o Thiago já veio marcado para ganhar por ser cunhado do auditor do referido programa? Quem falou foi ele mesmo, gente!

Fonte: O Grito do Bicho
Voltar ao Blog do Orion de Sá

IGGY POP E KE$HA EM CAMPANHA CONTRA A CAÇA DE FILHOTES DE FOCA

Ke$ha e Iggy Pop decidiram unir forças à PETA, organização que luta pelo tratamento ético aos animais, para impedir o governo canadense de legalizar o comércio internacional de vendas de peles de filhotes de focas.“Dar pauladas (maneira utilizada para sacrificar os animais) em filhotes de focas é doentio e é uma ‘mancha negra’ no Canadá. Não deixe a ganância de alguns manchar a imagem de um país inteiro” declarou o lendário roqueiro. “A matança canadense é bárbara e arcaica” acrescentou a autora de Tik Tok. “Minha música e meus fãs são parte de um movimento entre os jovens que pretendem dominar o mundo com mudanças positivas. Sei que ele irão ajudar a mim e a PETA a banir a matança canadense de focas, para que o único lugar que você veja pele de filhotes seja no museu”. A dupla irá aparecer em cartazes ao lado de imagens dos animais com o slogan “Canada’s club scene sucks” (“O cenário de porretadas canadense não presta” em tradução livre) para promover a ação, como você pode ver nas foto…

ERGONOMIA - CADEIRA DE RODAS PARA CÃES AMIGO

Nir Shalom, um designer industrial israelense, criou esse cadeira de rodas que permite que o cão tenha mais liberdade em seus movimentos, além de mais conforto. Apresentada no mês passado em Milão. A cadeira se encaixa no quadril do cão e permite que ele consiga se deitar, correr e sentar.
Voltar ao Blog do Orion de Sá