Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014

Estudo aponta que Zoofilia é indicativo Pedofilia e outros Crimes Sexuais

Os autores de violência sexual contra animais (zoofilia) e contra crianças (pedofilia) não são punidos por tal crime, já que a lei brasileira não traz um tipo penal específico para os casos. Assim como as crianças, os animais não são capazes de consentir emocionalmente com o abuso sexual.

Na literatura da justiça criminal, o artigo ‘Repensar a bestialidade’, propôs a noção de "violência sexual inter-espécies", argumentando que as relações sexuais com animais é um paralelo a agressão sexual contra crianças e mulheres, porque em ambos os casos há problemas de coerção, dor e a falta de consentimento.

Em vários países existem dispositivos contra a Zoofilia e a pedofilia, mas, no Brasil, para punir o pedófilo é necessário se valer de outros crimes tipificados pelo Código Penal, como estupro, atentado violento ao pudor, presunção de violência, lesão corporal, corrupção de menores e, se for o caso, homicídio. E para punir o Zoófilo é necessário se do artigo 32 da Lei de Crimes Ambien…

ONG de proteção animal será beneficiada com troco de pedágio - RJ

Motoristas que doarem troco do pedágio na RJ-116 irão ajudar ONG.
Instituição é de Cachoeiras de Macacu, na Serra.

A campanha "Doe seu Troco" da concessionária Rota 116, que administra a RJ-116, a qual liga Itaboraí, Nova Friburgo e Macuco, Região Serrana do Rio, tem um novo parceiro. A Associação Cachoeirense de Defesa Animal (ACDA) é a mais nova integrante do projeto e será beneficiada com o troco depositado pelos motoristas que passarem por uma das cabines da praça de pedágio de Cachoeiras de Macacu e quiserem, voluntariamente, aderir à campanha.

O recurso será destinado às ações da entidade, fundada em julho 2011, e que já beneficiou mais de 300 animais, a maioria cães e gatos, que são abandonados pelos seus donos e que necessitam de tratamento emergencial e de cuidados até encontrarem pessoas que desejem adotá-los.

“Nosso trabalho é essencialmente voluntário, não recebemos verbas públicas e todo o dinheiro arrecadado vem de doações, vendas de produtos da nossa lojinha (cami…

Índia bane importação de cosméticos testados em animais

Em maio de 2014, a Índia aprovou a proibição nacional de testes de cosméticos e agora deu um passo a diante, com a aprovação da proibição de cosméticos importados que utilizem testes em animais.

Após o anúncio de que a experimentação animal no país não seria mais permitida, ativistas da HSI India organizaram um abaixo-assinado em apoio à proibição da importação, reunindo 70 mil assinaturas. Esta petição foi apresentada ao Ministro da Saúde e Bem-Estar Familiar e foi respaldada pelo apoio de 30 parlamentares.

Esta dupla proibição de testes de cosméticos em animais entrará oficialmente em vigor a partir de 13 de novembro, ou seja, qualquer produto importado para o país após esta data não pode utilizar testes em animais.

Com informações do One Green Planet.

Fonte: Veggi & Tal

Antiga moradora da Lagoa Rodrigo de Freitas, capivara ferida comove frequentadores

ONG afirma que agressor, que tentou caçar um dos filhotes do animal, pode ser preso. Ela já foi medicada e passa bem
Moradora antiga da Lagoa Rodrigo de Freitas, uma capivara está causando comoção nos últimos dias. Mãe de três filhotes que ainda estão em fase de amamentação, ela foi ferida quando tentava defendê-los. Chamada nesta terça-feira por pescadores e moradores da região, a ONG SOS Aves & Cia, que monitora animais na cidade, cuidou do corte na parte lateral do corpo do roedor.

— Ela foi machucada por um pescador que tentou pegar um de seus filhotes para comer. A capivara reagiu para proteger a cria. O responsável por esse crime ambiental pode pegar de três meses a um ano de prisão — diz Paulo Maia, presidente da ONG.

Sete capivaras vivem atualmente ao redor da Lagoa. Elas foram reintegradas ao ambiente pela ONG, que monitora os animais por meio de chips. A organização também orienta os pescadores da região sobre questões relacionadas a crimes ambientais.

— Esse é um problema m…

Projeto de Lei proíbe criação de animais para fazer pele, mas não evita chacina de chinchilas

Antes que o PL seja sancionado, criadores de chinchilas prometem sacrificar 30 mil animais

A chinchila é uma das poucas espécies de animais das quais, para fins industriais, só se aproveitam os pelos. Em um criadouro de chinchilas, em Sorocaba, interior de SP, mais de mil animais foram mortos e mais 30 mil podem ser executados nos próximos dias.

A chacina das chinchilas

Peleteiros de SP matam suas criações, prevendo aprovação de projeto de lei que proíbe criar animais para fazer pele

O projeto de lei 616, que proíbe a criação e manutenção de animais com o intuito de usar sua pele, ainda precisa ser aprovado ou vetado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), mas já tem reflexos práticos.

Criadores de chinchila, uma das poucas espécies das quais só se aproveita o pelo, e portanto enquadrada no projeto de lei estadual, começaram a abater animais antes de saber se seu ofício se tornará ilegal.

Uma fazenda de Sorocaba, no interior de SP, afirma ter matado 1.500 fêmeas na quarta (8), quebrando seu…

Carroceiros já entregaram 101 cavalos em Porto Alegre - RS

Adesão de condutores de carrinhos é maior desde o início do trabalho de busca ativa nas ruas

O processo que visa à restrição da circulação de carroças e carrinhos de tração humana em Porto Alegre até junho de 2015 tem ganhado adesão dos carroceiros e carrinheiros. O número de cavalos recebidos pela prefeitura subiu de 26, em abril, para 101, em setembro. Além disso, desde maio não há registro de animais encontrados em situação de maus-tratos.

Os condutores de carrinhos guiados por tração animal ou humana, que entregam seus veículos voluntariamente, ganham uma indenização de R$ 1,5 mil ou R$ 200,00, respectivamente. Os cavalos ficam em um abrigo da Empresa Pública de Transporte e Circulação, no bairro Lami, na zona Sul de Porto Alegre. Na área de 20 hectares eles recebem tratamento e ficam disponíveis para adoção.

Segundo Fernando Mello, coordenador do programa Todos Somos Porto Alegre (conjunto de ações para reinserir carroceiros e carrinheiros em outras áreas de trabalho), a adesão é ma…

Cão de funcionária com ebola nos EUA não será sacrificado

Na Espanha, o cachorro da enfermeira que foi diagnosticada com a doença não teve a mesma sorte
O cachorro de estimação da funcionária do Hospital Presbiteriano de Dallas, nos EUA, que foi diagnosticada com ebola no último domingo, não será sacrificado. O animal será mantido em lugar seguro para um eventual reencontro com sua dona. As informações são do USA Today.

Segundo a publicação, o cão permaneceu no apartamento da profissional de saúde depois que ela foi hospitalizada. Ele será enviado para um novo local para esperar pela recuperação de sua dona.

De acordo com o prefeito de Dallas, Mike Rawling, o animal não será sacrificado. "O cão é muito importante para a paciente e nós o queremos seguro", disse. O apartamento da funcionária passará por um longo processo para ser descontaminado.

Na Espanha, o cão da enfermeira que foi diagnosticada com ebola não teve a mesma sorte: o animal foi sacrificado e seu cadáver foi "colocado em um dispositivo de biossegurança selado e trans…

Cachorro vítima de maus tratos é resgatado na Praia dos Sonhos, em São Francisco de Itabapoana, RJ

Um cachorro que estava sendo vítima de maus tratos em uma residência na Praia dos Sonhos, litoral de São Francisco de Itabapoana, foi resgatado na tarde desta quarta-feira (08/10) por uma equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a Polícia Militar. 

O animal foi localizado após denúncia. Moradores do local relataram que durante o dia e a noite, o cachorro latia e chorava muito, o que teria motivado que eles verificassem de perto o que estava acontecendo. O cachorro foi encontrado amarrado com correntes.

Mediante relato, a equipe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente e a policiais da 3ª Companhia de Polícia Militar, foram até o local e constataram a veracidade da denúncia, estando o animal com baixo peso, preso a uma corrente, sem água e sem comida.

O cachorro pertencia a um ajudante de pedreiro identificado apenas pela inicial M., de aproximadamente 35 anos. Ainda segundo relatos de populares, o suspeito deixava o animal preso para dar segurança à residência.

O Secretário…

Mulher é autuada por deixar 3 cães subnutridos no Rio de Janeiro

A responsável pelos cachorros alegou que os animais estavam doentes, por isso emagreceram

Uma mulher foi autuada nesta sexta-feira (10) por maus-tratos a três cães na casa dela, em Olaria, na zona norte do Rio. Os animais foram encontrados em extremo estado de desnutrição.

A responsável pelos bichos alegou que eles estavam doentes e, por isso, ficaram magros, mas não apresentou nenhum laudo veterinário que desse suporte ao argumento.

Ela tentou provar que alimentava com frequência os cães, exibindo um saco de rações. Nesta hora, os três cachorros avançaram no pacote, rasgaram o plástico e devoraram o alimento. A mulher foi levada à DPMA (Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente) e os animais foram apreendidos.

Fonte: R7

Cadela resgatada em lixo no RS está em estado grave e com tumores

Animal foi resgatado por bombeiros na quinta-feira (9) em Caxias do Sul.
Segundo veterinário, ela também está desidratada, mas já se alimenta.

Um dia após ser encontrada ferida envolvida em cobertores dentro de um contêiner de lixo em Caxias do Sul, na serra gaúcha, a cadela resgatada está se recuperando aos poucos, mas continua em estado grave, segundo o veterinário que trata do animal. A cachorrinha foi vista na quinta-feira (9) por um morador da cidade, que comunicou o caso ao Corpo de Bombeiros, já que ela estava soterrada em meio a sacos e resíduos.

Após ser retirada do contêiner, a cadelinha foi levada à Sociedade Amigos dos Animais (Soama), uma ONG sem fins lucrativos que acolhe animais abandonados em uma chácara na cidade gaúcha. Atualmente, há cerca de 1,6 mil cães e gatos no local.

Segundo o médico veterinário Fernando Tomazzoni, que está tratando do animal, a cadelinha está desidratada e magra, com tumores de mama e com a pele do peito corroída por larvas. A boa notícia é que a…

Defensores dos animais sofrem derrota na Justiça - RJ

No lombo do cavalo

Defensores dos animais perderam uma batalha importante. A 16ª Câmara Cível do TJ manteve o passeio de charretes da Ilha de Paquetá. O Ministério Público queria a suspensão do serviço por entender que os cavalos sofrem maus tratos, mas os desembargadores concluíram que a medida causaria prejuízo a quem atua dentro da lei.




Fonte: Gente Boa - 08/10/2014 - O Globo

Denúncias em redes sociais ajudam a coibir maus tratos a animais, diz delegado

A comoção nas redes sociais e a participação de internautas em denúncias de maus tratos a animais tem ajudado a diminuir as estatísticas de crimes deste tipo em Mato Grosso do Sul nos últimos anos. É o que afirma o delegado Silvano Mota, titular da Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista). Segundo ele, a população tem se tornado mais intolerante e repercutido amplamente casos de maus tratos.

“O clamor das redes sociais tem ajudado a coibir os crimes. As pessoas estão denunciando, compartilhando em seus perfis, então os possíveis agressores já estão percebendo que as atitudes não serão toleradas”, explica Mota.

Os números de boletins de ocorrência registrados na Decat ilustram a diminuição no número de casos. Em 2012, foram registradas 62 ocorrências de maus tratos em Campo Grande, e 183 no Estado. No ano seguinte, o número caiu para 39 na Capital e 144 no interior. Já este ano, até o mês de setembro a delegacia contabilizou 37 boletins…

Guanacos são massacrados na Terra do Fogo

De algum modo, os guias turísticos da Terra do Fogo não mencionam os tiros e as matanças, em especial em Cerro Sombrero, no Chile. Mas a história é triste e controversa – contrampõem-se os defensores dos animais e os pragmáticos que os veem como ameaça. Das estepes patagônicas cobertas de névoa, às densas florestas de faias, tiros podem ser ouvidos todos os anos. Caçadores com rifles telescópicos percorrem essa região, na ponta da América do Sul, em suas picapes, enquanto buscam sua presa: o guanaco.

Quem conta é o repórter Simon Romero, do The New York Times.

O ser humano já caçou o guanaco, parente selvagem da lhama, até sua quase extinção em grandes trechos do continente. Embora a caça ao animal aqui seja legal, o abate de manadas de guanaco na Terra do Fogo vem provocando um acirrado debate sobre a frágil recuperação de uma espécie nativa e a influência de poderosos interesses pecuários e madeireiros, que alegam que o crescente número de guanacos estaria competindo com ovelhas por p…

Linha Verde recebe denúncias de crimes ambientais no sul do Rio

Moradores de todo estado podem usar o disque denúncia 0300 253 1177. Número funciona 24 horas; custo é de ligação local e anonimato é garantido.
Moradores do sul do Rio de Janeiro e de todo estado podem denunciar crimes ambientais através da Linha Verde, serviço criado em parceria entre o Disque-Denúncia e a Secretaria de Estado de Ambiente. Basta ligar para 0300 253 1177 — custo de uma ligação local — e passar as informações. As chamadas podem ser feitas 24 horas, todos os dias, têm anonimato garantido, não são gravadas ou rastreadas. As informações são da assessoria do Disque-Denúncia.
Através das ligações, a população pode denunciar crimes como caça e extração ilegal de vegetação — veja relação abaixo. Na terça-feira (30), uma operação foi realizada em Angra dos Reis para combater essas ações. Um homem foi preso no distrito de Cunhambebe com um esquilo e dez pássaros das espécies dorminhoco e araçari abatidos.
Na cidade da Costa Verde, o Linha Verde recebeu sete ligações neste ano de …

Mais de mil animais já foram doados em feiras de adoção em Porto Alegre - RS

Segundo Secretaria dos Direitos Animais, outros 500 mil estão nas ruas da cidade
Criada em julho de 2011, a Secretaria Especial dos Direitos Animais (Seda) já realizou mais de 60 feiras de adoção em Porto Alegre, onde já foram doados 910 animais, entre cães e gatos, e 210 cavalos.

Nos projetos realizados pela secretaria, foram mais de 16 mil esterilizações, 15 mil fiscalizações, além de 7,5 mil atendimentos na unidade móvel veterinária e 11 mil atendimentos no programa Bicho Amigo. Outro serviço que é oferecido é a cirurgia nos animais.

Segundo a Seda, são mais de 500 mil animais soltos pelas ruas da Capital. A Seda orienta que atendimentos para animais, além de dúvidas e outras informações devem ser efetuadas pelo número 156.
Fonte: Rádio Gaúcha

Saiu na Imprensa Carioca - 26/09/2014

Abaixo-assinado requer fim do uso de animais em aulas de psicologia

Aluno entregou relatório e 355 adesões para universidade em Piracicaba.
Outra estudante se negou a frequentar atividades em sala com cobaias.

O estudante Marcos Fêo Spallini, de 22 anos, elaborou um abaixo-assinado e conseguiu 355 assinaturas contra o uso de animais nas disciplinas de fisiologia e behaviorismo (comportamento) do curso de psicologia da Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep). Junto com o documento, o aluno entregou à coordenação do curso um relatório para justificar a reivindicação, mas ainda não recebeu uma resposta da instituição. No início deste semestre, uma estudante de psicologia se negou a participar das aulas práticas de fisiologia por discordar do uso de cobaias. Ela fez um acordo com a Unimep e passou a realizar atividades extras.
Spallini disse que ingressou na luta pelos direitos dos animais depois do dia 18 de outubro de 2013, quando o Instituto Royal foi invadido e 178 cães usados em experiências retirados do local por ativistas.

"Eu sempre gostei …